artigos


8 de Março – DIA INTERNACIONAL DA MULHER

08/03/2016

 

artigo1

 

"Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."(Cora Coralina)

 

 

 

 

 

Aplicativo gratuito informa viajante sobre vacinas necessárias

11/07/2014

 

artigo1

 

Viaje Prevenido, da GSK, chega para smartphones e tablets nas plataformas IOS e Android.

 

Usuário de PC também pode acessar o serviço através do site www.casadevacinasgsk.com.br/viaje-prevenido  Ferramenta ajuda o viajante a identificar a imunização recomendada pelo local que será visitado. De carro, ônibus, avião, navio ou outro meio de transporte.

 

Quando o assunto é medicina do viajante, há um item que não cabe na mala, mas é essencial para toda a família na hora de programar um deslocamento, seja a passeio ou a trabalho: a vacinação. Nesse contexto, a GSK acaba de lançar mais uma ferramenta de prestação de serviço em saúde: o aplicativo Viaje Prevenido. 

 

Na prática, a novidade funciona de maneira bem simples: basta escolher o local de destino, no exterior, e clicar no campo “pesquisar”. A tela seguinte mostrará as vacinas recomendadas e obrigatórias, além de fornecer dicas sobre certificados de imunização exigidos por alguns países. Outra vantagem é a possibilidade de localizar, por endereço, os Centros de Orientação para a Saúde do Viajante e as clínicas privadas que oferecem os serviços de imunização no Brasil. 

 

Versão para PC A versão do Viaje Prevenido para PC, por meio do site www.casadevacinasgsk.com.br/viaje-prevenido, conta com os calendários da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

 

Também pelo site, o internauta poderá saber quais são as doenças preveníveis por meio das vacinas, assim como montar uma carteira de vacinação digital através do serviço VacinAlert ou Carteira de Vacinação Digital, facilitando o controle da imunização em todas as fases da vida.

 

Ao clicar no ícone, o internauta poderá, por exemplo, monitorar todo o histórico vacinal e programar alertas de lembrete para as imunizações pendentes. Medicina do Viajante x Copa do Mundo Especialistas em saúde alertam que o grande fluxo de pessoas em território nacional durante o Mundial aumentará a exposição dos brasileiros aos possíveis vírus e bactérias trazidos por estrangeiros oriundos de regiões nas quais algumas enfermidades ainda não foram erradicadas, como o caso do sarampo, atualmente comum em parte da Europa.

 

 

Convênios promovem integração de migrantes no Acre e em São Paulo

11/07/2014

artigo2

 

Dois convênios para a implementação do plano de integração dos migrantes que foi anunciado em junho pelo ministro José Eduardo Cardozo durante a abertura da Conferência Nacional de Migrações e Refúgio (Comigrar) foram assinados pelo Ministério da Justiça, na última sexta-feira (4). São dois repasses de R$ 1,2 milhão cada a serem executados pela prefeitura de São Paulo e pelo estado do Acre.

 

 "Trilhamos o caminho de uma integração federativa e interministerial para avançar na proteção do direito humano à migração", avalia Paulo Abrão, secretário Nacional de Justiça, que coordenou o grupo técnico formado por diversos órgãos do governo federal para a elaboração do plano.

 

Da parceria com São Paulo, por meio da Secretaria Direitos Humanos e Cidadania, resultará a criação do Centro de Referência e Acolhida para Imigrantes (Crai). Quatro mil atendimentos devem ser realizados. Além de acolhimento, o Centro oferecerá apoio psicológico, orientação jurídica e encaminhamento para serviços públicos e cursos de línguas. O convênio tem a duração de 18 meses.

 

O convênio com o governo do Acre, assinado por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS-AC), terá duração de 12 meses e prevê o repasse de verba para auxiliar na mobilidade assistida por via terrestre de imigrantes em situação de vulnerabilidade que ingressem pelo estado e desejem se deslocar para outros locais do País.